Dia mundial da obesidade

A obesidade, infelizmente, ainda é uma doença muito estigmatizada e há muito preconceito acerca do seu tratamento, principalmente do uso de medicações. Isso faz com que a procura por profissionais de saúde especializados seja baixa, e as pessoas tendam a procurar tratamentos milagrosos por conta própria. A falta de sucesso no tratamento gera frustração e “vergonha” justamente pela crença de que o tratamento é responsabilidade única do próprio paciente.


A campanha do dia mundial da obesidade tem por objetivo aumentar a conscientização a respeito da doença, compreensão das suas causas e das ações necessárias para combatê-la; encorajar as pessoas a se tornarem promotores de mudanças; e melhorar políticas públicas para construir sistemas de apoio adequados para o tratamento da obesidade.


Obesidade é uma doença complexa, multifatorial, com grande componente genético associado. O tratamento deve ser realizado por equipe multidisciplinar especializada e deve ser prescrito medicamento ou indicada cirurgia sempre que necessário. Perdas de 5 a 10% do peso já trazem grande benefício para saúde. Não devemos sempre buscar o “peso ideal”, mas sim reduzir mortalidade e melhorar qualidade de vida.


Como parte dos esforços de conscientização sobre esse tema, o LabCK produziu uma mini série com 2 episódios em vídeo com a médica endocrinologista, Dra. Rafaela Kosop, que aborda as rotinas pré e pós cirurgia bariátrica, incluindo orientações como “em quais casos a cirurgia é indicada”, “por quais etapas o paciente deve passar antes e depois”, “quais as diferenças entre métodos sleeve e by-pass”, entre outros. Confira




Por fim, o recado final é: procure sempre um especialista para te ajudar a vencer essa batalha. Sua saúde, bem estar e autoestima merecem ser tratados com a devida importância.