Como funcionam as vacinas.

A vacinação é uma das principais invenções humanas com maior impacto na saúde pública da história. Os programas de vacinação não só reduzem drasticamente a ocorrência de óbitos por doenças infectocontagiosas como também reduzem seus impactos sociais, econômicos e até mesmo sequelas (sejam do tratamento, sejam da doença em si). Até hoje a varíola foi a única doença totalmente erradicada do mundo – feito este que só ocorreu graças à vacinação em massa da população aliado a um grande esforço coordenado de todos os países.


As vacinas são basicamente divididas em 2 grandes grupos: as que contém organismos vivos atenuados (ex.: febre amarela, BCG, tríplice viral) e as de microorganismos inativados e/ou seus fragmentos (ex.: gripe, meningite, hepatite B). Seu objetivo principal é proteger as pessoas de doenças ou de suas formas graves (como a BCG para a tuberculose). Isso ocorre pois a aplicação de uma vacina estimula a resposta imune do organismo contra um determinado agente infeccioso de várias maneiras, como por exemplo a produção de anticorpos - e o melhor de tudo, sem causar a doença em si.




É importante também frisar que a vacinação não protege só você, mas toda a comunidade. Como exemplo temos o caso do sarampo: quando atingimos taxas de vacinação acima de 95%, conseguimos evitar que a doença se propague pela população, protegendo inclusive as pessoas que não podem tomar vacina por alguma contraindicação médica ou por que ainda não atingiu a idade mínima para receber uma determinada vacina.


Portanto, se vacinar é um ato coletivo e não individual. Infelizmente hoje, em virtude da baixa cobertura vacinal, algumas doenças estão retornando com força total quando já haviam sido erradicadas no país há vários anos, como o sarampo, caxumba e varicela. Isso acontece pois diversos “mitos”, a propagação de Fake News e a opinião de falsos especialistas têm gerado insegurança ao colocarem dúvidas quanto à eficácia e segurança das vacinas.


As vacinas salvam milhões de vidas anualmente, tendo grande impacto social e na economia mundial. As principais vacinas são disponibilizadas gratuitamente pelo Ministério da Saúde, e tanto as públicas quanto vendidas na rede particular são eficazes e seguras. Vacine-se e proteja você e todos à sua volta!


Conteúdo desenvolvido em parceria com a médica endocrinologista, Dra. Rafaela Kosop (CRM/PR 28564).

REDES SOCIAIS

Icon-IG.png
Icon-FB.png
Icon-YT.png
LinkedIn.png

INSTITUCIONAL

CENTRAL DE

ATENDIMENTO

Tel: (41) 3679-8250

       (41) 99992-0252

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

SEGUNDA

A SEXTA

6h às 18h

SÁBADO E

DOMINGO

7h às 18h

Laboratório de Análises Clínicas Caboracy Kosop

Rodovia do Caqui, 1150 - KM 01

Campina Grande do Sul – PR

Anexo ao Hospital Angelina Caron